banner

Ticker

* Cotações com atraso superior a 15 minutos via Bats CHI-X Europe e NASDAQ Basic

Dados económicos e principais notícias - 5 março

5 Mar 2018

noticias/Diario-Patris.jpg

Resumo dos dados económicos divulgados nos dias anteriores:

EUA: Índice da Universidade de Michigan para a Confiança dos Consumidores (fevereiro, final):

  • A leitura final do índice da Universidade de Michigan para a confiança dos consumidores situou-se em 99,7, ligeiramente abaixo da leitura preliminar (99,9). O consenso esperava um valor de 99,5. A leitura final representa um ganho de 4 pontos no mês;
  • As componentes das condições correntes (de 115,1 para 114,9) e das expectativas (de 90,2 para 90,0) registaram ligeiras revisões em baixa face aos valores preliminares. As duas componentes mostraram ganhos no mês (+4,4 pontos para a componente das condições correntes e +3,7 pontos para a componente das expectativas);
  • Os índices de inflação para o próximo ano e para o período 5-10 anos não sofreram alterações face aos valores preliminares, mantendo-se ao nível do valor observado no final de janeiro. Ambos os índices permanecem em valores baixos em termos históricos.

Itália: Variação do PIB no 4º trimestre de 2017:

  • A taxa de crescimento trimestral, ajustada pela sazonalidade e não anualizada, situou-se em 0,3% para o PIB em volume no 4º trimestre de 2017. A taxa de variação homóloga situou-se em 1,6%;
  • A componente do consumo privado (+0,1%) e do consumo público (+0,1%) registaram ligeiras variações positivas face ao 3º trimestre. Destaque para a componente do investimento, que apresentou forte subida de 1,7%;
  • No 4º trimestre de 2017, as exportações cresceram 2,0% face ao trimestre anterior, enquanto as importações registaram uma subida de 1,0%;
  • Em termos nominais, o PIB registou, no 4º trimestre de 2017, uma taxa de variação homóloga de 2,5%;
  • No total de 2017, o PIB cresceu 1,5% em 2017 (face a 0,9% em 2016). O défice orçamental baixou de 2,5% em 2016 para 1,9% do PIB em 2017. No que se refere à dívida pública, desceu de 132,0% para 131,5% do PIB.

Notícias:

EDP: Principais conclusões da conference call referente aos resultados de 2017:

  • Metas para 2018: a empresa está confiante quanto aos resultados líquidos em 2018. É previsto que a dívida líquida se situe de novo abaixo do consenso de 14-14,5 mil milhões de euros. No que se refere à alavancagem, o grupo pretende manter a disciplina e prevê a dívida líquida em 3,5x do Ebitda;
  • Regulação: não são previstas alterações do enquadramento em Espanha para 2018;
  • Politica dos dividendos: o valor de 0,19 euros propostos relativamente a 2017 são considerados como um mínimo para o futuro. O grupo destacou que todas as iniciativas têm como objetivo reforçar a política de dividendo.

BCP: o Norges Bank reduziu a sua participação no capital social de 2,79% para 2,68% (Comunicado do BCP na CMVM)

REN: a procura da eletricidade em Portugal cresceu em fevereiro 5,4% face ao mesmo mês de 2017, conforme os dados publicados pela empresa (Bloomberg)

Telefonica: a empresa aumentou a proporção da dívida a taxa de juro fixa, para mitigar o risco com o custo de financiamento (Bloomberg)

Cellnex: as unidades do grupo, Tradia e Retevision, chegaram a acordo com os sindicados para cortar 180 postos de trabalho até 2019 (Bloomberg)

Atlantia: o resultado líquido situou-se em 1,17 mil milhões de euros, em linha com o consenso. Foi proposto um dividendo de 1,22 euros por ação (Bloomberg)

Atlantia: o grupo comprou 15,49% do capital do Eurotunnel por um valor de 1,06 mil milhões de euros (12,40 euros por ação) (Bloomberg)

Voltar