• banner_principal
  • banner_principal
  • banner_principal
  • banner_principal

Ticker

* Cotações com atraso superior a 15 minutos via Bats CHI-X Europe e NASDAQ Basic

Patris Corretora

Com mais de 25 anos de experiência nos mercados financeiros, a Patris é a maior CORRETORA independente e nacional no mercado de acções, ocupando também o Top 5 na negociação de Obrigações em Portugal. Os nossos clientes confiam em nós pelo:

  • Acesso global a todas as classes de activos em mercado regulamentado ou não regulamentado (OTC).
  • Plataformas de negociação de última geração e acesso DMA.
  • Sala de mercados com traders experientes ao seu dispor.
  • Acesso à equipa de research, via Área Reservada (Newsletters diárias, Flash notes, Trading Ideas).
main_center logo_main_center main_center
Fincor Corretora

“A equipa da Patris coloca ao dispor dos seus Clientes a experiência que permite oferecer em linguagem simples soluções financeiras sofisticadas.”

Pedro Noronha - Presidente

arrow

Corretagem

O nosso serviço de intermediação disponibiliza ao cliente o acesso às principais bolsas mundiais a um preço muito competitivo.

Os nossos especialistas garantem um serviço de excelência e eficiência, essenciais para que os nossos clientes tenham sucesso.

Temos como objectivo a satisfação dos nossos clientes através de um autêntico serviço cross asset:

Research.

research

Independência, Rigor e Transparência

Acompanhamento diário dos mercados / Research Macro

Equipa de Research experiente

Independente e Global

research

Maior Corretora Independente em Portugal

Acesso às principais Bolsas Mundiais

Cobertura de mercado durante os horários de negociação de Europa e EUA

Tecnologia

research

Electronic Trading – Plataformas

Algoritmos de execução para potenciar a performance

Acesso a Dark Pools para participar na liquidez total do mercado

Especialistas

research

Especialistas de execução em todos os activos

Um único ponto de entrada para os clientes

Atendimento personalizado

Os Nossos Produtos

Acções e ETF’s

Uma acção é um título que representa uma fração do capital social de uma empresa, constituída sob a forma de uma sociedade anónima. O detentor destes títulos é denominado de acionista.

O retorno obtido com um investimento em acções depende não só da evolução da sua cotação, o seu preço ao longo do tempo, como também de outros eventos societários, como a distribuição de dividendos. Não devem ser descurados todos os custos envolvidos na transação e detenção de acções. O mercado de acções é supervisionado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Exchange-traded Funds (vulgarmente conhecidos como ETF) podem definir-se como fundos de investimento abertos admitidos à negociação numa bolsa de valores e que têm como principal objectivo obter uma performance relacionada com o comportamento de um determinado indicador de referência (índice/segmento de mercado/activo/instrumento financeiro/estratégia de investimento).

São características normalmente comuns a estes veículos:

  • Admissão à negociação das participações em bolsa;
  • Desempenho relacionado (proporcional ou inversamente) com um indicador de referência;
  • Possibilidade de subscrições e resgates "em espécie" ainda que apenas restrita aos “Participantes Autorizados” para o efeito.

Obrigações

Uma obrigação é um valor mobiliário, representativo de dívida de uma empresa ou do Estado em relação a terceiros. Este título de dívida que pode ser de curto, médio ou longo prazo (maturidade do empréstimo) confere ao seu detentor (obrigacionista) o direito a receber da entidade emitente um prémio de emissão ou de reembolso, bem como eventualmente, juros nos termos estipulados na data da emissão do valor mobiliário em questão.

O obrigacionista é, assim, um credor da entidade emitente, visto que os fundos que empresta, são, posteriormente, reembolsados, podendo-lhe ser garantido, até essa data um prémio ou um rendimento periódico (o juro).

As Obrigações podem ser ou Obrigações governamentais ou Obrigações de empresas (corporate bonds)

As obrigações podem classificar-se também de acordo com diversos critérios, nomeadamente, quanto ao modo de vencimento de juros e à sua modalidade. Desta forma, são várias as modalidades de obrigações com as quais nos podemos deparar no mercado, designadamente: Obrigações de cupão zero, Obrigações de taxa fixa, Obrigações de taxa variável, Obrigações de capitalização automática, Obrigações clássicas, Obrigações convertíveis, Obrigações com warrants, Obrigações hipotecárias, Obrigações subordinadas, Obrigações participantes, Obrigações perpétuas

CFD’s

O Contrato por Diferença (CFD) ou Contract for Difference, em inglês, é um instrumento financeiro complexo que permite especular os movimentos no preço dos activos financeiros sem ter de adquirir ou vender o activo subjacente. O negócio é efectuado pela diferença entre o preço de compra e venda do contrato.

Embora o Contrato por Diferença (CFD) seja um instrumento em vez de um activo, este dá ao proprietário certos direitos que os proprietários do activo base também têm. Estes são o direito aos dividendos, de divisão ou fusão do capital acionista. Os CFD não dão direito à propriedade dos activos da empresa, nem direito a votar e não são transferíveis nem é possível negociar em mercados regulados.

Entre outros, podemos encontrar CFDs sobre acções, índices bolsistas, câmbios, mercadorias ou futuros de obrigações

FX ou Forex

Forex ou Foreign Exchange é o mercado onde as moedas / câmbios são transaccionados. A necessidade de trocar moedas nas trocas comerciais a nível global fazem do mercado Forex o maior e mais liquido mercado financeiro do mundo. A grande particularidade deste mercado é que não existe uma bolsa para Forex. As operações são feitas no mercado não regulamentado (OTC) e podem ser feitas 24h sobre 24h.

No entanto é possível negociar Forex em plataformas online como a CMC – Next Generation, uma vez que são derivados sobre os câmbios que são transaccionados.

Fundos de Terceiros

Um fundo de investimento é um património que pertence a várias pessoas, destinado ao investimento em determinados activos e gerido por profissionais (sociedades gestoras). Às pessoas que investem em fundos dá-se o nome de “participantes”. O património de um fundo pode ser investido em diversos bens, como por exemplo acções e obrigações, de modo a constituir um conjunto diversificado de valores mobiliários ou outros activos. Nesse caso, deve designar-se “fundo de investimento mobiliário”.

O património pode também ser constituído essencialmente por imóveis; nesse caso, o fundo designa-se “fundo de investimento imobiliário”. O conjunto de valores que constituem o património de um fundo chama-se carteira. A constituição de um fundo depende de autorização prévia da CMVM.

A Patris possui uma parceria com o Banco Inversis (Espanha) para a comercialização de fundos de terceiros. Através desta parceria, os clientes da Patris tem acesso a mais de 4,500 fundos de investimento de cerca de 150 gestoras internacionais.

arrow

Notícias Patris

Principais conclusões da reunião de março do Banco Central Europeu

Principais conclusões da reunião de março do Banco...

Conclusão: Banco Central Europeu continua muito lentamente a caminhar no sentido de uma normalização da sua política monetária. O desaparecimento do comunicado da possibilidade de...
Ler Mais
Dados económicos e principais notícias - 8 março

Dados económicos e principais notícias - 8 março

Resumo dos dados económicos divulgados nos dias anteriores: Zona Euro: Dados do PIB para o 4º trimestre de 2017: A 3ª estimativa para os dados do...
Ler Mais
Resumo dos mercados - 8 março

Resumo dos mercados - 8 março

Europa: com a exceção de Portugal (-0,28%), a sessão foi positiva para os principais índices europeus de ações, com destaque para Itália (+1,22%). Desde...
Ler Mais
CTT - 4Q17 Results Review - Mail volumes declines moderated in 4Q17. Express & Parcels delivered a positive evolution. Stable recurring EBITDA loss q/q in Banco CTT

CTT - 4Q17 Results Review - Mail volumes...

CTT reported yesterday after market close its 4Q17 results. 4Q17 revenues stood at €196.3mn, +10% y/y, or +1% y/y after excluding €16.3mn related to...
Ler Mais
Impresa - Key Takeaways from 4Q17 results

Impresa - Key Takeaways from 4Q17 results

Impresa reported today after market close its 4Q17 results. Impresa disclosed 4Q17 EBITDA of €5.2mn, -23.5%y/y. Adjusted EBITDA rose by 4.9%y/y to €8.8mn, after...
Ler Mais
Dados económicos e principais notícias - 7 março

Dados económicos e principais notícias - 7 março

Resumo dos dados económicos divulgados nos dias anteriores: Brasil: Índice de Produção Industrial (janeiro): O índice de produção industrial registou uma queda de 2,4% em janeiro...
Ler Mais
Resumo dos mercados - 7 março

Resumo dos mercados - 7 março

Resumo dos mercados no dia anterior: Europa: com a exceção de Portugal (-0,21%) e Espanha (-0,04%), a sessão foi positiva para os principais índices europeus...
Ler Mais
Dados económicos e principais notícias - 6 março

Dados económicos e principais notícias - 6 março

Portugal: Vendas a retalho (janeiro): As vendas a retalho, depois de ajustadas pelos efeitos de calendário, sazonalidade e de preços, caíram 0,5% em janeiro (-0,9%...
Ler Mais
Resumo dos mercados - 6 março

Resumo dos mercados - 6 março

Europa: com a exceção de Itália (-0,42%, em resposta às eleições de domingo) e Portugal (-0,03%), a sessão foi positiva para os principais índices...
Ler Mais
MACRO - Zona Euro - Valor final de fevereiro coloca o PMI composto da IHS Markit no valor mais baixo desde novembro de 2017

MACRO - Zona Euro - Valor final de...

Zona Euro: Índices PMI da IHS Markit para os Serviços e o Total do Setor Privado da Economia (fevereiro, final): Conclusão: a leitura final do...
Ler Mais
Dados económicos e principais notícias - 5 março

Dados económicos e principais notícias - 5 março

Resumo dos dados económicos divulgados nos dias anteriores: EUA: Índice da Universidade de Michigan para a Confiança dos Consumidores (fevereiro, final): A leitura final do índice...
Ler Mais
Resumo dos mercados - 5 março

Resumo dos mercados - 5 março

Europa: a sessão foi negativa para os principais índices europeus de ações. O STOXX600 fechou com uma queda de 2,06%. Todos os 19 principais setores...
Ler Mais
Sonae Capital - Key Takeaways from 4Q17 Results

Sonae Capital - Key Takeaways from 4Q17 Results

Sonae Capital disclosed on Friday after market close its 4Q17 results. Revenues fell by 11.1% y/y to €51.7mn, reflecting the Real Estate Assets (-58.3%...
Ler Mais
NEWSLETTER SEMANAL 05-03-2018

NEWSLETTER SEMANAL 05-03-2018

Principais pontos em destaque esta semana: Na Alemanha, os membros do SPD deram o seu suporte à coligação de governo com a CDU/CSU (com 66%...
Ler Mais
ANÁLISE TÉCNICA SEMANAL - 02-03-2018

ANÁLISE TÉCNICA SEMANAL - 02-03-2018

S&P500: Reconhecemos os riscos de uma nova deslocação para junto dos mínimos de fevereiro (2533 pontos). Estaremos atentos à capacidade de o S&P500 conseguir...
Ler Mais
Dados económicos e principais notícias - 2 março (inclui as principais conclusões da Conference Call sobre os resultados de 2017 da Jerónimo Martins)

Dados económicos e principais notícias - 2 março...

Zona Euro: Taxa de Desemprego (janeiro): Segundo o Eurostat, a taxa de desemprego atingiu 8,6% em janeiro, em linha com o consenso, e idêntico ao...
Ler Mais
Resumo dos mercados - 2 março

Resumo dos mercados - 2 março

Europa: a sessão foi negativa para os principais índices europeus de ações, acompanhando o sentimento nos EUA. A decisão de Donald Trump de implementar...
Ler Mais
PORTUGAL - FIXED INCOME - 02-03-2018

PORTUGAL - FIXED INCOME - 02-03-2018

A taxa de variação homóloga do deflator das despesas de consumo privado nos EUA permaneceu inalterada em 1,5% na sua leitura de janeiro, ainda...
Ler Mais
MENSAL - FEVEREIRO 2018 (parte 2)

MENSAL - FEVEREIRO 2018 (parte 2)

Dívida soberana: A emissão OT 4,125% 14 abril 2027 apresenta, no momento em que escrevemos, uma yield 16 pontos de base superior à observada no...
Ler Mais
MENSAL - FEVEREIRO 2018 (parte 1)

MENSAL - FEVEREIRO 2018 (parte 1)

Pontos em Destaque: A dívida do setor privado não financeiro (em percentagem do PIB) em Portugal registou, no período entre outubro e dezembro, o 18º...
Ler Mais
cloud1 cloud2 cloud3

O Grupo Patris Investimentos

A PATRIS INVESTIMENTOS é a marca que agrega os diferentes produtos e serviços financeiros oferecidos pelo Grupo Patris.

Reunimos plataformas de alto desempenho, especialistas em Asset Managment e ligações aos melhores bancos de investimentos globais.

Grupo Patris Investimento

Quer saber mais sobre nós?